Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 6 milhões na terça-feira, dia 9

volantes-loterias-q98a7863-credito-marcelo-brandt-g1

O concurso 2166 da Mega-Sena não teve acertadores nos seis números sorteados neste sábado: 03, 19, 34, 44, 56 e 58.

Assim, o prêmio ficou acumulado para o concurso 2167, a ser realizado na próxima terça-feira, dia 9, quando a estimativa é de um prêmio de R$ 6 milhões.

Neste sábado (6), a Quina (5 números acertados) teve 44 apostas ganhadoras, com R$ 39.121,73 para cada uma delas.

Já a Quadra, com 4 números acertados, registrou 3.749 apostas ganhadoras, cabendo a cada uma delas R$ 655,92.

As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

Agência Brasil

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Mina em Currais Novos vai produzir duas toneladas de ouro por ano

download (27)

Reportagem de Luis Henrique Gomes e Silvio Andrade na Tribuna do Norte deste domingo traz ótimas noticias de Currais Novos.

Uma reserva de ouro antiga e importante no Brasil, mas pouco explorada, pode recolocar o Rio Grande do Norte no mapa mineral do Brasil. A área de 29,07 km², equivalente a quatro campos de futebol, localizado na região do Seridó, a 160 quilômetros de Natal e 30 quilômetros a leste da cidade de Currais Novos, foi adquirida pela Cascar Brasil Mineração para ser explorada, a partir do final de 2020, e ganhou nome de Projeto Borborema.

Os estudos realizados entre 2009 e 2014 pela empresa, um braço da australiana Big River Gold, estimam, por ano, uma extração de 2 milhões de toneladas de minério bruto e a produção inicial de 1,8 a 2,1 toneladas de ouro a cada ano, durante os próximos 12 anos. Mas o diretor-presidente da Cascar, o australiano Andrew Richards, já pensa na continuidade e produção em outras áreas. “Existe a intenção da empresa de buscar o aumento da produção depois da operação inicial”, afirmou Richards em visita ao Brasil na última semana.

O presidente e os outros diretores da empresa evitam transformar a estimativa de produção de ouro em dinheiro devido à oscilação dos preços dos minérios no mercado. Mas, de acordo com a média histórica recente, um quilo de ouro equivale a 44,9 mil dólares. Se o preço se manter o mesmo nos próximos 12 anos—um cenário imprevisível, mas uma simulação— , a Cascar pode movimentar cerca de 97 milhões de dólares por ano com o Projeto Borborema. No mercado de minério, o preço do ouro é um dos menos oscilantes.

Os investimentos iniciais necessários para construção das estruturas, preparação dos acessos, diques, edificações e condicionantes ambientais são avaliados em R$ 200 milhões, ou US$ 60 milhões de dólares. Diretamente, a operação vai gerar entre 300 a 400 empregos diretos na primeira fase do projeto. A intenção, segundo externaram os diretores da Cascar às autoridades estaduais, é gerar empregos para brasileiros.

Para conseguir o financiamento, a Cascar vai em busca dos bancos mundiais a partir de novembro, quando finaliza o estudo final sobre a mina. A intenção é iniciar as obras de instalação para exploração a partir do primeiro semestre de 2020 e começar as operações 10 meses depois disso. “Queremos que tudo ocorra o mais rápido possível”, continuou Richards. A empresa recebeu dia 22 de abril deste ano a licença de instalação emitida pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).

Na avaliação do geólogo Alexandre Rocha, professor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), alguns fatores da região contribuem para a expectativa do presidente da mineradora. Currais Novos viveu o apogeu da mineração nas décadas de 70 e 80 e ainda tem uma tradição forte no setor, facilitando a qualificação da mão de obra e estrutura (como rodovias) para a mina. “Uma mina dessas é importante, mas ela não seria viável se ficasse no coração da Amazônia”, avaliou o professor. “Temos minas no Maranhão que não são exploradas porque é preciso todo um trabalho na região. Aqui temos uma tradição da mineração que facilita muito.”

A própria área adquirida pela Cascar já foi explorada nas décadas de 80 e 90 pelas empresas Mineração Xapetuba e MGP Mineração e Agropecuário LTDA. “Mas na época a produção foi paralisada porque havia uma baixa recuperação mineral obtida e o preço do mineral estava baixo”, conta Rocha.

Esse conhecimento prévio da mina despertou o interesse da Big River Gold, empresa focada na produção do ouro, que adquiriu a área em 2009 e investiu mais de 20 milhões de dólares em pesquisas. Essas pesquisas foram necessárias não somente para ter dimensão da quantidade de ouro, mas também para o desenvolvimento de projetos de reuso d’água, já que a mina está situada numa região do semiárido, e do empilhamento de rejeitos, evitando a construção de barragens de rejeitos — na última década, duas barragens de rejeitos de mineração se romperam no Brasil e deixaram mais de 250 mortos.

Com toda bagagem consolidada do Projeto Borborema, que é o principal da empresa, Andrew Richards não exita em afirmar que a mina é a maior de ouro no Rio Grande do Norte e está entre as mais importantes do Brasil, mas não a maior — esse título fica com a Mina de Paracatu, no interior de Minas Gerais, com uma produção estimada de mais de 12 toneladas de ouro esse ano. “Ela não é a maior produção, mas certamente ela é significativa”, afirmou. “Você tem mina que até produzem mais, mas não são lucrativas. Então, a intenção é ter uma produção adequada para ter uma boa rentabilidade, para produzir por mais tempo”.

Questionados se essa reserva pode colocar o Rio Grande do Norte novamente entre os Estados mais importantes para a mineração no Brasil, a representante da Cascar no RN, Jucieny Barros, é clara: “a ideia é justamente essa”.

TRIBUNA DO NORTE

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Governo mobiliza instituições para divulgar ações de desenvolvimento rural

download (26)

Durante todo o mês de julho, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf-RN), Emater-RN e do Governo Cidadão irão promover oito reuniões com os Colegiados Territoriais. As reuniões terão início nesta terça-feira (9), em Caicó e Santa Cruz, a partir das 8h30 e seguirão até o dia 29, finalizando em São José do Mipibu.

As reuniões têm como objetivo divulgar o Programa de Produção e Conservação de Forragem em parceria com a Emparn, Editais do PPA Leite (seleção de laticínios, credenciamento de agricultores e credenciamento de entidades para receber leite) e o Programa Mais Crédito.

A Sedraf irá apresentar a estrutura da nova secretaria, Regularização de Quadro Social das Associações do PNCF e elaboração de projetos de crédito – Pronaf A.

De acordo com o diretor geral da Emater-RN, Cesar Oliveira, “Essa iniciativa faz parte da estratégia do governo para mobilizar e dialogar com associações, prefeituras e parceiros que trabalham o desenvolvimento rural do Rio Grande do Norte”.

O encontro reunirá agricultores, dirigentes de sindicatos dos trabalhadores rurais e também da agricultura familiar, prefeituras, Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), entre outras instituições.

Programação

09/07 – Caicó e Santa Cruz

11/07 – São Paulo do Potengi

16/07 – Mossoró

17/07 – Apodi

18/07 – Angicos

22/07 – João Câmara

29/07 – São José do Mipibu

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Receita abre consulta a segundo lote de restituição do IR

site_receita_federal-1024x683

Cerca de 3,07 milhões de contribuintes que declararam Imposto de Renda (IR) este ano vão receber dinheiro do Fisco. A Receita Federal abre nesta segunda-feira (8) a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2019.

Ao todo, serão desembolsados R$ 4,72 bilhões do lote deste ano. A Receita também pagará R$ 280,6 milhões a 90.449 contribuintes que fizeram a declaração entre 2008 e 2018, mas estavam na malha fina. Considerando os lotes residuais e o pagamento de 2019, o total gasto com as restituições chegará a R$ 5 bilhões para 3.164.229 contribuintes.

A lista com os nomes estará disponível a partir das 9h no site da Receita na internet. A consulta também pode ser feita pelo Receitafone, no número 146. A Receita oferece ainda aplicativo para tablets e smartphones, que permite o acompanhamento das restituições.

O crédito bancário será feito em 15 de julho. As restituições terão correção de 2,01%, para o lote de 2019, a 110,29% para o lote de 2008. Em todos os casos, os índices têm como base a taxa Selic (juros básicos da economia) acumulada entre a data de entrega da declaração até este mês.

O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Os dois últimos lotes regulares serão liberados em novembro e dezembro. Se estiverem fora desses lotes, os contribuintes devem procurar a Receita Federal porque os nomes podem estar na malha fina por erros ou omissões na declaração.

A restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, a solicitação deverá ser feita por meio do formulário eletrônico – pedido de pagamento de restituição, ou diretamente no e-CAC , no serviço extrato de processamento, na página da Receita na internet. Para quem não sabe usar os serviços no e-CAC, a Receita produziu um vídeo com instruções.

Agência Brasil

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Cachaça do RN é considerada a melhor do mundo em avaliação de revista dos Estados Unidos

samanau-envelhecida1

A potiguar Samanaú foi considerada a melhor cachaça envelhecida do mundo pela revista eletrônica americana Tastings, especializada em degustação de bebidas de todo o mundo, numa avaliação que ocorreu neste mês de julho e foi divulgado na segunda-feira (1º).

Produzida em Caicó, na Região Seridó do Rio Grande do Norte, a Samanaú recebeu a medalha de ouro da revista ao ter a melhor nota na categoria envelhecida, acumulando um total de 92 pontos e ficou a frente da Pitú Vitoriosa (91 pontos) e da Pitú Gold (86).

“Essa medalha é o reconhecimento e a valorização do trabalho que vem sendo desenvolvido com a Samanaú para entregar ao consumidor uma cachaça artesanal orgânica de qualidade”, disse o empresário Vidalvo Costa, proprietário da cachaçaria.

Jurados da Beverage Testing Institute (BTI) – empresa que faz pesquisa de bebidas alcoólicas e trabalha com degustações profissionais desde 1981- são os responsáveis pelo teste. Vários tipos de bebidas são analisadas mensalmente e os resultados são divulgados no início de cada mês na revista eletrônica. A prova da Samanaú envelhecida aconteceu no dia 17 de junho passado, mês em que foram avaliadas cachaças e runs.

A Samanaú foi definida como “excepcional” e recebeu uma breve descrição em que é apontada com “aromas doces e notas de confeitaria de canela, cardamomo, caramelo, creme de maple e doce de leite, com corpo acetinado, vibrante, fluído, de fruta semi-seca, elegante, com notas semi-longas que remetem à baunilha cremosa, lavanda, creme de coco, com um toque final de castanha de caju”. Segundo a classificação da revista, a Samanaú é “uma cachaça encorpada envolvendo uma cápsula de sabor apimentada e uma grande garrafa com mil possibilidades de ser bebida”.

O Alambique Samanaú foi fundado em 2004 por Vidalvo Costa, conhecido como Dadá Costa, no Sítio Samanaú no município de Caicó, região Seridó do RN, onde funciona até os dias de hoje. Atualmente, a empresa chega a produzir cerca de 80 mil litros da bebida por ano.

Ela também está no mercado internacional. Segundo números do Sebrae RN, de 2018 até o início deste ano, a empresa exportou mais de 8 mil litros da bebida para a Nigéria, assim como já havia enviado remessas para a Itália. A cachaça também está presente em Portugal e busca novas operações com a exportação de caipifrutas para Filipinas, para onde serão enviados 15 mil litros de bebidas. De acordo com o Sebrae RN, a Samanaú é hoje uma das 12 cachaças do Brasil certificadas com selo orgânico para o mercado internacional.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Nova lei determina que 30% dos alimentos comprados pelo Governo do RN sejam da Agricultura Familiar

dona-rita-e-seu-antonio-agricultioes-de-apoi-foto-sandro-menezes

Cerca de 90 mil famílias de agricultores devem ser beneficiadas através da Lei 10.536/19, sancionada na noite desta quarta-feira (03), segundo o governo do Rio Grande do Norte. A norma institui o Pecafes – Programa Estadual de Compras da Agricultura Familiar e Economia Solidária, que obriga o Estado comprar pelo menos 30% de gêneros alimentícios produzidos pela agricultura familiar para suprir hospitais, restaurantes populares, presídios, entre outras instituições.

A assinatura da governadora Fátima Bezerra (PT) ocorreu na abertura do Fórum de Secretários da Agricultura Familiar, realizado na Cecafes (Central de Comercialização da Agricultura Familiar e Economia Solidária).

Segundo dados da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf), o Estado é hoje o maior comprador dos alimentos da agricultura familiar e movimentou, só em 2018, cerca de R$ 5 milhões desse mercado. Para 2019, a partir da nova lei, a expectativa é de que esse valor alcance a faixa dos R$ 20 milhões.

Com a sanção da nova legislação, as 90 mil famílias potiguares com Declaração de Aptidão ao Pronaf (Daps) ativa, documento que permite aos agriculturas familiares ter acesso às políticas públicas, linhas de crédito, entre outros, estarão habilitadas a participar das compras governamentais.
 
G1/RN
Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Vídeo projeta uma “Natal dos sonhos” para 2030; confira imagens

DB8461C8-AAB3-4DEF-A2AF-E59EAFEDA6EF-1024x644

Um vídeo ousado e visionário, de um apaixonado por Natal, vem provocando enorme repercussão nas redes sociais e grupos de WhatsApp. Com 4,11 minutos de duração e postado no Youtube, o vídeo “Natal 2030 – A cidade dos meus sonhos”, foi produzido pelo empresário e presidente do Sinduscon/RN, engenheiro civil, Silvio Bezerra.

Tendo como música de fundo a emblemática “Linda Baby”, hino não oficial de Natal, o vídeo elenca quinze idéias que, se implementadas, todas ou em parte, têm condições de modernizar urbanisticamente Natal, dotando-a de beleza e equipamentos que melhorarão a qualidade de vida e darão forte impulso ao turismo.

0E237188-87CC-4B5B-8B5C-8476B6AF2CEA-1024x714

Praticamente todas as idéias contidas no vídeo não dependem de investimentos públicos diretos. Como por exemplo, o Teleférico do Morro do Careca ou o túnel ligando a avenida Bernardo Vieira à Via Costeira, passando por baixo do Parque das Dunas. Ambos se pagariam com a cobrança pelo acesso.

Entre as intervenções urbanísticas sonhadas pelo empresário constam também um Pier com bar e restaurante, museu oceanográfico e torre observatório e marina de barcos, entre as praias dos Artistas e Areia Preta; teleférico do Morro do Careca; corredor verde nas avenidas Prudente de Morais e Hermes da Fonseca (fios dos postes seriam enterrados); reurbanização da Ribeira; central park e parque aquático, na avenida Roberto Freire; verticalização da Redinha; novo hotel Reis Magos; linhas de VLT e terceira ponte sobre o rio Potengi.

Silvio conta que a idéia do vídeo surgiu espontaneamente. Mas também tem relação com a discussão sobre o Plano Diretor, que deverá ser modificado este ano, com um atraso de sete anos. “Andando pela cidade, eu passava em determinadas áreas e começava a sonhar, aqui daria um parque aquático, ali uma marina”, conta.

BCC853AA-9A30-4D4A-91B3-F3CC9B8CBB61-1024x660

O empresário ressalta que serão agregadas ao vídeo “Natal 2030 – A cidade dos meus sonhos” outras intervenções urbanísticas feitas por pessoas que amam e se preocupam com a cidade. A idéia é transformar todas as contribuições em um projeto e entregar ao prefeito Álvaro Dias.

Ele está entusiasmado com a receptividade do vídeo. Com seu conhecido otimismo considera que chegou a hora de Natal dar uma virada em sua história. “Dizer não é muito fácil, encerra o assunto e pronto, eu quero que diga como pode fazer, não pode assim, mas pode desse jeito”, afirma.

Sonhar com uma Natal moderna não é novidade. Em março de 1909, portanto há 110 anos, outro visionário, o jornalista, escritor, jurista, pesquisador e depois intendente de Natal (prefeito), Manoel Dantas, proferiu a famosa palestra no salão nobre do Palácio do Governo, intitulada “Natal d’aqui a cincoenta anos”.

Influenciado pelos pensadores futuristas europeus, Manoel Dantas fez previsões fantásticas sobre Natal em 1959, inclusive trens transcontinentais, partindo do Morro de Mãe Luiza, denominado “perigo iminente”, telões projetando noticiário permanente em tempo real, prédios suntuosos, aviação comercial e clima de fervilhante metrópole.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Servidores estaduais sinalizam greve geral

images

O Fórum dos Servidores Estaduais, formado por todas as categorias de trabalhadores, protocolou no governo um documento oficializando a insatisfação das categorias com o calendário anunciado na semana passada. Em reunião com o Fórum dos Servidores na quinta-feira (27/06), o governo havia adiantado que o pagamento das folhas salariais do funcionalismo continuaria ocorrendo dentro do mês, nos dias 15 e 30 de julho, 15 e 30 de agosto e nos dias 16 e 30 de setembro. Servidores sinalizam com greve a partir do dia 5.

Mesmo com os protestos promovidos pelos servidores estaduais, o Governo do RN pretende manter a proposta de calendário de pagamento comunicada na semana passada. A informação é do chefe do gabinete civil, Raimundo Alves. “O governo vai cumprir, só tem uma rejeição e não tem uma proposta diferente. O Governo mantém a proposta, a única coisa a se fazer é manter a proposta, não tem nem outra”, afirmou Raimundo Alves à TRIBUNA DO NORTE. “A ideia do Governo é manter, até que se tenha outra posição, a ideia é manter o calendário”, concluiu.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado (Sinsp-RN), Janeayre Souto, informou que o Fórum não concordou com a mudança de faixa salarial, pois no meio de cada mês, os salários vinham sendo pagos pelo bruto, pra quem ganhava até R$ 5 mil. A nova proposta limitou o pagamento pela remuneração líquida e até quem ganha R$ 3 mil e para 30% de quem ganha acima desse valor.

Janeyre Souto disse que o Fórum não tem nenhuma contraproposta a apresentar ao  governo, até porque o que foi apresentado no dia 27 de junho não foi objeto de diálogo por parte do  governo, o que houve foi uma “imposição” por parte da governadora Fátima Bezerra (PT), segundo a representante sindical.

O clima de insatisfação dos servidores em relação à falta de proposta do Governo do Estado para reajuste de salários e pagamento dos salários atrasados pode levar o funcionalismo da administração indireta, autarquias e fundações, a entrarem em greve a partir da próxima sexta-feira, 5, disse o coordenador-secretário do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai), Santino Arruda.

TRIBUNA DO NORTE

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

EM PARELHAS, PRESIDENTE EZEQUIEL FALA DE RECUPERAÇÃO DE ESTRADAS DO SERIDÓ

eze

O presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) esteve no sábado (29) em Parelhas, na região do Seridó potiguar. No município, o primeiro compromisso do parlamentar foi participar do programa Mesa Redonda, na Rádio Rural de Parelhas – transmitido em rede pela Rádio Rural de Caicó. Na entrevista, Ezequiel destacou que recebeu, do superintendente do Dnit, general Daniel Dantas, a garantia de que em meados de agosto serão iniciadas obras de manutenção e recuperação nas estradas potiguares, atendendo a uma série de requerimentos apresentados por seu mandato.

Na lista do Dnit está, por exemplo, a recuperação da rodovia entre Florânia e Campo Grande, que será completamente refeita, e a BR 427 que passa em Currais Novos, Acari, Jardim do Seridó, Caicó e Serra Negra do Norte. Ezequiel revelou ainda ter feito um apelo por melhorias na rodovia 229, que liga Currais Novos a Florânia, que ainda está sob os cuidados do Estado. O Dnit disse que há chances de que este trecho seja federalizado até o próximo ano, quando o órgão terá oportunidade de realizar melhorias no local.

O deputado ainda procurou o Governo do Estado, por meio do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), também para solicitar melhorias para a região. Ezequiel afirmou que a expectativa também é de que as rodovias estaduais comecem a receber melhorias em agosto, após o período chuvoso.

“Temos trechos que estão precisando mesmo de serviços completos, alguns locais estão impraticáveis. E, mesmo diante de tantas limitações financeiras, o Governo do Estado está se programando para começar o trabalho de recuperação das estradas em agosto, assim como ocorrerá com o Dnit”, disse Ezequiel.

Ao ser questionado sobre o Governo do Estado, Ezequiel elogiou o secretariado escolhido pela governadora Fátima Bezerra (PT). O deputado destacou o trabalho que vem sendo feito pelo secretário estadual de Segurança, coronel Francisco Araújo, setor onde o Estado vem demonstrando grande redução de índices de violência.

Ezequiel revelou ainda que o Rio Grande do Norte deverá receber nos próximos meses novas viaturas com tração 4×4 para as polícias militar e civil, além de novos coletes à prova de balas, pistolas e munições.

Durante a entrevista na Rádio Rural de Parelhas, Ezequiel esteve acompanhado dos prefeitos Hudson Pereira, de Santana do Seridó, e José Sally, de Cruzeta, além dos vereadores João Grandão, Galega de Ulissinho e Romiselia, ambos de Parelhas, Ronalty Nery (Jardim do Seridó) e Itan Lobo (Cruzeta), e do médico Tiago Almeida, secretário do PSDB-RN.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 34,4 milhões

Apostadores fazem fila em casa lotérica. A Caixa Econômica Federal sorteia hoje (08) as seis dezenas do concurso 2.149 da Mega-Sena acumulada, que deve pagar um prêmio de R$ 170 milhões.

A Mega-Sena, que está acumulada pela 3ª vez consecutiva, sorteia nesta quarta-feira (3) o prêmio de R$ 34,4 milhões. As seis dezenas do concurso 2.165 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo, sendo aberto ao público.De acordo com a Caixa, o valor do prêmio, caso aplicado na poupança, poderia render aproximadamente R$ 127 mil por mês.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas, custa R% 3,50.

Agência Brasil

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0
Facebook0