Governo mobiliza instituições para divulgar ações de desenvolvimento rural

download (26)

Durante todo o mês de julho, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf-RN), Emater-RN e do Governo Cidadão irão promover oito reuniões com os Colegiados Territoriais. As reuniões terão início nesta terça-feira (9), em Caicó e Santa Cruz, a partir das 8h30 e seguirão até o dia 29, finalizando em São José do Mipibu.

As reuniões têm como objetivo divulgar o Programa de Produção e Conservação de Forragem em parceria com a Emparn, Editais do PPA Leite (seleção de laticínios, credenciamento de agricultores e credenciamento de entidades para receber leite) e o Programa Mais Crédito.

A Sedraf irá apresentar a estrutura da nova secretaria, Regularização de Quadro Social das Associações do PNCF e elaboração de projetos de crédito – Pronaf A.

De acordo com o diretor geral da Emater-RN, Cesar Oliveira, “Essa iniciativa faz parte da estratégia do governo para mobilizar e dialogar com associações, prefeituras e parceiros que trabalham o desenvolvimento rural do Rio Grande do Norte”.

O encontro reunirá agricultores, dirigentes de sindicatos dos trabalhadores rurais e também da agricultura familiar, prefeituras, Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA), entre outras instituições.

Programação

09/07 – Caicó e Santa Cruz

11/07 – São Paulo do Potengi

16/07 – Mossoró

17/07 – Apodi

18/07 – Angicos

22/07 – João Câmara

29/07 – São José do Mipibu

Cachaça do RN é considerada a melhor do mundo em avaliação de revista dos Estados Unidos

samanau-envelhecida1

A potiguar Samanaú foi considerada a melhor cachaça envelhecida do mundo pela revista eletrônica americana Tastings, especializada em degustação de bebidas de todo o mundo, numa avaliação que ocorreu neste mês de julho e foi divulgado na segunda-feira (1º).

Produzida em Caicó, na Região Seridó do Rio Grande do Norte, a Samanaú recebeu a medalha de ouro da revista ao ter a melhor nota na categoria envelhecida, acumulando um total de 92 pontos e ficou a frente da Pitú Vitoriosa (91 pontos) e da Pitú Gold (86).

“Essa medalha é o reconhecimento e a valorização do trabalho que vem sendo desenvolvido com a Samanaú para entregar ao consumidor uma cachaça artesanal orgânica de qualidade”, disse o empresário Vidalvo Costa, proprietário da cachaçaria.

Jurados da Beverage Testing Institute (BTI) – empresa que faz pesquisa de bebidas alcoólicas e trabalha com degustações profissionais desde 1981- são os responsáveis pelo teste. Vários tipos de bebidas são analisadas mensalmente e os resultados são divulgados no início de cada mês na revista eletrônica. A prova da Samanaú envelhecida aconteceu no dia 17 de junho passado, mês em que foram avaliadas cachaças e runs.

A Samanaú foi definida como “excepcional” e recebeu uma breve descrição em que é apontada com “aromas doces e notas de confeitaria de canela, cardamomo, caramelo, creme de maple e doce de leite, com corpo acetinado, vibrante, fluído, de fruta semi-seca, elegante, com notas semi-longas que remetem à baunilha cremosa, lavanda, creme de coco, com um toque final de castanha de caju”. Segundo a classificação da revista, a Samanaú é “uma cachaça encorpada envolvendo uma cápsula de sabor apimentada e uma grande garrafa com mil possibilidades de ser bebida”.

O Alambique Samanaú foi fundado em 2004 por Vidalvo Costa, conhecido como Dadá Costa, no Sítio Samanaú no município de Caicó, região Seridó do RN, onde funciona até os dias de hoje. Atualmente, a empresa chega a produzir cerca de 80 mil litros da bebida por ano.

Ela também está no mercado internacional. Segundo números do Sebrae RN, de 2018 até o início deste ano, a empresa exportou mais de 8 mil litros da bebida para a Nigéria, assim como já havia enviado remessas para a Itália. A cachaça também está presente em Portugal e busca novas operações com a exportação de caipifrutas para Filipinas, para onde serão enviados 15 mil litros de bebidas. De acordo com o Sebrae RN, a Samanaú é hoje uma das 12 cachaças do Brasil certificadas com selo orgânico para o mercado internacional.

Vídeo projeta uma “Natal dos sonhos” para 2030; confira imagens

DB8461C8-AAB3-4DEF-A2AF-E59EAFEDA6EF-1024x644

Um vídeo ousado e visionário, de um apaixonado por Natal, vem provocando enorme repercussão nas redes sociais e grupos de WhatsApp. Com 4,11 minutos de duração e postado no Youtube, o vídeo “Natal 2030 – A cidade dos meus sonhos”, foi produzido pelo empresário e presidente do Sinduscon/RN, engenheiro civil, Silvio Bezerra.

Tendo como música de fundo a emblemática “Linda Baby”, hino não oficial de Natal, o vídeo elenca quinze idéias que, se implementadas, todas ou em parte, têm condições de modernizar urbanisticamente Natal, dotando-a de beleza e equipamentos que melhorarão a qualidade de vida e darão forte impulso ao turismo.

0E237188-87CC-4B5B-8B5C-8476B6AF2CEA-1024x714

Praticamente todas as idéias contidas no vídeo não dependem de investimentos públicos diretos. Como por exemplo, o Teleférico do Morro do Careca ou o túnel ligando a avenida Bernardo Vieira à Via Costeira, passando por baixo do Parque das Dunas. Ambos se pagariam com a cobrança pelo acesso.

Entre as intervenções urbanísticas sonhadas pelo empresário constam também um Pier com bar e restaurante, museu oceanográfico e torre observatório e marina de barcos, entre as praias dos Artistas e Areia Preta; teleférico do Morro do Careca; corredor verde nas avenidas Prudente de Morais e Hermes da Fonseca (fios dos postes seriam enterrados); reurbanização da Ribeira; central park e parque aquático, na avenida Roberto Freire; verticalização da Redinha; novo hotel Reis Magos; linhas de VLT e terceira ponte sobre o rio Potengi.

Silvio conta que a idéia do vídeo surgiu espontaneamente. Mas também tem relação com a discussão sobre o Plano Diretor, que deverá ser modificado este ano, com um atraso de sete anos. “Andando pela cidade, eu passava em determinadas áreas e começava a sonhar, aqui daria um parque aquático, ali uma marina”, conta.

BCC853AA-9A30-4D4A-91B3-F3CC9B8CBB61-1024x660

O empresário ressalta que serão agregadas ao vídeo “Natal 2030 – A cidade dos meus sonhos” outras intervenções urbanísticas feitas por pessoas que amam e se preocupam com a cidade. A idéia é transformar todas as contribuições em um projeto e entregar ao prefeito Álvaro Dias.

Ele está entusiasmado com a receptividade do vídeo. Com seu conhecido otimismo considera que chegou a hora de Natal dar uma virada em sua história. “Dizer não é muito fácil, encerra o assunto e pronto, eu quero que diga como pode fazer, não pode assim, mas pode desse jeito”, afirma.

Sonhar com uma Natal moderna não é novidade. Em março de 1909, portanto há 110 anos, outro visionário, o jornalista, escritor, jurista, pesquisador e depois intendente de Natal (prefeito), Manoel Dantas, proferiu a famosa palestra no salão nobre do Palácio do Governo, intitulada “Natal d’aqui a cincoenta anos”.

Influenciado pelos pensadores futuristas europeus, Manoel Dantas fez previsões fantásticas sobre Natal em 1959, inclusive trens transcontinentais, partindo do Morro de Mãe Luiza, denominado “perigo iminente”, telões projetando noticiário permanente em tempo real, prédios suntuosos, aviação comercial e clima de fervilhante metrópole.

Servidores estaduais sinalizam greve geral

images

O Fórum dos Servidores Estaduais, formado por todas as categorias de trabalhadores, protocolou no governo um documento oficializando a insatisfação das categorias com o calendário anunciado na semana passada. Em reunião com o Fórum dos Servidores na quinta-feira (27/06), o governo havia adiantado que o pagamento das folhas salariais do funcionalismo continuaria ocorrendo dentro do mês, nos dias 15 e 30 de julho, 15 e 30 de agosto e nos dias 16 e 30 de setembro. Servidores sinalizam com greve a partir do dia 5.

Mesmo com os protestos promovidos pelos servidores estaduais, o Governo do RN pretende manter a proposta de calendário de pagamento comunicada na semana passada. A informação é do chefe do gabinete civil, Raimundo Alves. “O governo vai cumprir, só tem uma rejeição e não tem uma proposta diferente. O Governo mantém a proposta, a única coisa a se fazer é manter a proposta, não tem nem outra”, afirmou Raimundo Alves à TRIBUNA DO NORTE. “A ideia do Governo é manter, até que se tenha outra posição, a ideia é manter o calendário”, concluiu.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado (Sinsp-RN), Janeayre Souto, informou que o Fórum não concordou com a mudança de faixa salarial, pois no meio de cada mês, os salários vinham sendo pagos pelo bruto, pra quem ganhava até R$ 5 mil. A nova proposta limitou o pagamento pela remuneração líquida e até quem ganha R$ 3 mil e para 30% de quem ganha acima desse valor.

Janeyre Souto disse que o Fórum não tem nenhuma contraproposta a apresentar ao  governo, até porque o que foi apresentado no dia 27 de junho não foi objeto de diálogo por parte do  governo, o que houve foi uma “imposição” por parte da governadora Fátima Bezerra (PT), segundo a representante sindical.

O clima de insatisfação dos servidores em relação à falta de proposta do Governo do Estado para reajuste de salários e pagamento dos salários atrasados pode levar o funcionalismo da administração indireta, autarquias e fundações, a entrarem em greve a partir da próxima sexta-feira, 5, disse o coordenador-secretário do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai), Santino Arruda.

TRIBUNA DO NORTE

Obra da BR-304, a Reta Tabajara, será retomada em agosto

download (24)

Obra que se arrasta desde 2014, a duplicação e melhorias da via  conhecida como “Reta Tabajara” será retomada em agosto. A informação foi confirmada pelo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte do Rio Grande do Norte (Dnit-RN), general Daniel Dantas, em visita à Assembleia Legislativa. A conclusão do empreendimento vai ocorrer em dois anos, em 2021. Atualmente, é possível ver poucas pessoas trabalhando no local, e, ao longo do corredor da BR-304, que liga Natal a Macaíba, há vestígios da obra inacabada. Em alguns trechos, a mata começa a cobrir vigas que serão usadas na construção.

Com cerca de 18,8% da execução, o que equivale a gastos de R$ 30 milhões, a obra da Reta Tabajara tornou-se a mais cara ao longo dos anos. O orçamento atual foi ajustado para R$ 300 milhões. São R$ 63 milhões a mais do que em 2017, quando estava previsto um gasto de R$ 237 milhões, que já tinha um valor acrescido em R$ 50 milhões desde o início da construção, em 2014.  Este valor atual, abrange a execução da obra, desapropriação e gestão ambiental . 
 
A obra de duplicação da Reta Tabajara está parcialmente paralisada desde 2017 por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo uma auditoria realizada, a obra estava com sobrepreço.
 
Nos dias atuais, está em andamento a execução de dois viadutos, um deles localizado na “estaca zero” da obra e o outro na rotatória. Também está em andamento a construção do posto da Polícia Rodoviária Federal, serviços de drenagem de prolongamento de bueiros da pista que será duplicada e colocação das vigas de todos os viadutos. Está paralisada a restauração da pista e pavimento rígido.
 
A duplicação da Reta Tabajara, na BR-304, é apontada como uma obra fundamental para diminuir o número de acidentes na rodovia ao facilitar o fluxo de 70 mil veículos que trafegam todos os dias pelo local. Nos últimos oito anos, de acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 219 acidentes na Reta que resultaram em 15 mortes, 48 pessoas gravemente feridas e 99 feridos leves. Este ano já foram registrados quatro acidentes, sendo dois graves com um óbito. 
 

A BR-304 é a estrada que liga as pontas leste e oeste do Rio Grande do Norte ao longo de 307 quilômetros, até a divisa com o Ceará. De lá, segue até Russas, cidade cearense distante 74,1km de Mossoró. A estrada percorre 10 cidades e é caminho central para estradas secundárias, levando a pelo menos outras 12 cidades. Por toda essa extensão, é considerada uma das mais importantes do Rio Grande do Norte. Ela é o caminho que liga Natal, capital do estado, a Mossoró, a segunda maior cidade estadual, e Fortaleza, capital do Ceará.

Memória 

A obra  compreende 27 km de duplicação da BR-304 e construção de nove viadutos . Antes da obra ser paralisada pelo TCU, 10 km já tinham sido duplicados, entre Macaíba e o viaduto Trampolim da Vitória, em Parnamirim. As obras foram paralisadas em 25 de abril de 2017 e retomadas parcialmente em 24 de agosto do mesmo ano.
 
Números

12,6% 
do projeto de duplicação da BR-304 foram concluídos até o momento;

R$ 30 milhões 
foram gastos com a execução de parte da obra;

Agosto
 é o mês previsto de retomada total da obra. 

Notificações e acidentes  
Dados PRF do trecho que compreende a Reta Tabajara (quilômetros 280 a 283) 

2018 
112 notificações
59 por ultrapassagem em local proibido 
33 por não usar farol de dia 

2019 (janeiro a abril) 
50 notificações
26 não usar farol de dia
12 por ultrapassagem em local proibido 

Acidentes 
2018 – 4  
50% por falta de atenção à condução 

2019 – 4 acidentes (dois  graves e um óbito) 
50% por falta de atenção

 
Fonte: Tribuna do Norte

Obra da BR-304, a Reta Tabajara, será retomada em agosto

download (24)

Obra que se arrasta desde 2014, a duplicação e melhorias da via  conhecida como “Reta Tabajara” será retomada em agosto. A informação foi confirmada pelo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte do Rio Grande do Norte (Dnit-RN), general Daniel Dantas, em visita à Assembleia Legislativa. A conclusão do empreendimento vai ocorrer em dois anos, em 2021. Atualmente, é possível ver poucas pessoas trabalhando no local, e, ao longo do corredor da BR-304, que liga Natal a Macaíba, há vestígios da obra inacabada. Em alguns trechos, a mata começa a cobrir vigas que serão usadas na construção.

Com cerca de 18,8% da execução, o que equivale a gastos de R$ 30 milhões, a obra da Reta Tabajara tornou-se a mais cara ao longo dos anos. O orçamento atual foi ajustado para R$ 300 milhões. São R$ 63 milhões a mais do que em 2017, quando estava previsto um gasto de R$ 237 milhões, que já tinha um valor acrescido em R$ 50 milhões desde o início da construção, em 2014.  Este valor atual, abrange a execução da obra, desapropriação e gestão ambiental . 
 
A obra de duplicação da Reta Tabajara está parcialmente paralisada desde 2017 por determinação do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo uma auditoria realizada, a obra estava com sobrepreço.
 
Nos dias atuais, está em andamento a execução de dois viadutos, um deles localizado na “estaca zero” da obra e o outro na rotatória. Também está em andamento a construção do posto da Polícia Rodoviária Federal, serviços de drenagem de prolongamento de bueiros da pista que será duplicada e colocação das vigas de todos os viadutos. Está paralisada a restauração da pista e pavimento rígido.
 
A duplicação da Reta Tabajara, na BR-304, é apontada como uma obra fundamental para diminuir o número de acidentes na rodovia ao facilitar o fluxo de 70 mil veículos que trafegam todos os dias pelo local. Nos últimos oito anos, de acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), foram registrados 219 acidentes na Reta que resultaram em 15 mortes, 48 pessoas gravemente feridas e 99 feridos leves. Este ano já foram registrados quatro acidentes, sendo dois graves com um óbito. 
 

A BR-304 é a estrada que liga as pontas leste e oeste do Rio Grande do Norte ao longo de 307 quilômetros, até a divisa com o Ceará. De lá, segue até Russas, cidade cearense distante 74,1km de Mossoró. A estrada percorre 10 cidades e é caminho central para estradas secundárias, levando a pelo menos outras 12 cidades. Por toda essa extensão, é considerada uma das mais importantes do Rio Grande do Norte. Ela é o caminho que liga Natal, capital do estado, a Mossoró, a segunda maior cidade estadual, e Fortaleza, capital do Ceará.

Memória 

A obra  compreende 27 km de duplicação da BR-304 e construção de nove viadutos . Antes da obra ser paralisada pelo TCU, 10 km já tinham sido duplicados, entre Macaíba e o viaduto Trampolim da Vitória, em Parnamirim. As obras foram paralisadas em 25 de abril de 2017 e retomadas parcialmente em 24 de agosto do mesmo ano.
 
Números

12,6% 
do projeto de duplicação da BR-304 foram concluídos até o momento;

R$ 30 milhões 
foram gastos com a execução de parte da obra;

Agosto
 é o mês previsto de retomada total da obra. 

Notificações e acidentes  
Dados PRF do trecho que compreende a Reta Tabajara (quilômetros 280 a 283) 

2018 
112 notificações
59 por ultrapassagem em local proibido 
33 por não usar farol de dia 

2019 (janeiro a abril) 
50 notificações
26 não usar farol de dia
12 por ultrapassagem em local proibido 

Acidentes 
2018 – 4  
50% por falta de atenção à condução 

2019 – 4 acidentes (dois  graves e um óbito) 
50% por falta de atenção 

Mutirões da cidadania atendem mais de mil mulheres e crianças no RN

IMG000000000205247

Moradora do sítio Baixa do Tubarão, a agricultora familiar Maria das Graças Carvalho Amorim, 28 anos, mãe de três filhos pequenos, viajou 24 km, da zona rural ao centro, para fazer uma nova via da identidade. Ela adquiriu o documento gratuitamente graças ao mutirão do Programa Estadual de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural, realizado quinta-feira (27) e sexta-feira (28), na sede do Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais (STTR), na cidade de Apodi, distante 340 km da Capital “Estou achando muito bom poder resolver isso aqui hoje, com facilidade e na nossa própria cidade, porque a situação financeira está muito difícil e toda economia faz a diferença”, disse Gracinha, como é mais conhecida.

O sorriso no rosto da agricultora e artesã Antônia Ediones de Freitas Lima, 54, demonstra o quanto os mutirões estão sendo bem recebidos pelo seu público alvo. Ela ouviu falar da ação no noticiário do rádio, na manhã de sexta, e imediatamente se arrumou para aproveitar a oportunidade. “É de graça, recebe na hora e é aqui mesmo, perto de casa. Fui muito bem recebida e só tenho a agradecer à equipe do governo. Todos têm olhado para nós, agricultores e artesãos”, declarou.

Coordenado pela Sedraf (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar), o Programa Estadual de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural, lançado no Dia Internacional da Mulher (8 de março), pela governadora Fátima Bezerra, garante de forma gratuita o acesso das mulheres trabalhadoras rurais aos documentos civis e trabalhistas. Os atendimentos estão sendo realizados por meio de mutirões nas proximidades de moradia, no sentido de fortalecer a cidadania e contribuir para a autonomia dessas mulheres, possibilitando o acesso às políticas públicas e contribuir para igualdade entre homens e mulheres no Rio Grande do Norte.

O secretário Alexandre Lima disse que a meta do programa é realizar três mil atendimentos até o final do ano. “Nós buscamos atingir uma parcela da população que geralmente não são beneficiadas pelas políticas públicas.  Essas ações têm aproximado essas mulheres a um direito tão básico que é a documentação. Isso facilita o acesso delas tanto às redes de promoção social quanto aos programas de inclusão produtivas. E isso só se faz com identidade”, explicou.

Ele informou que já existe um cronograma estabelecido até dezembro e todos os territórios do Estado serão percorridos. Até o momento, foram realizados mutirões em Currais Novos, Caicó, Paraú e Apodi, totalizando mais de mil emissões de documentos, muitos deles sendo primeira via, principalmente para mulheres jovens e também crianças. O público prioritário de atendimento do programa são as mulheres da agricultura familiar, acampadas, assentadas da reforma agrária, pescadoras artesanais, extrativistas, quilombolas, indígenas e mulheres trabalhadoras rurais de uma forma geral. Os mutirões têm a parceria com o ITEP-RN, prefeituras municipais e Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR).

Detran realiza exame prático de direção em 24 municípios do interior do RN

????????????????????????????????????

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) iniciou o cumprimento do cronograma de avaliações práticas monitoradas de direção veicular que acontecem durante todo o mês de julho nas cidades do interior do Estado. No total, 24 municípios distribuídos em todas as regiões do Rio Grande do Norte estarão recebendo a visita dos examinadores do Detran para avaliar os candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Os municípios que receberão as equipes de examinadores do Detran são: São José do Mipibu (01); Parelhas e Acari (02); Currais Novos (03); Lagoa Nova (04); Santa Cruz (05); Assú (08); Angicos (09); Alto dos Rodrigues (10); Macau (11); São Paulo do Potengi (12); Patu (15); Jucurutu (16); Caicó (17); Jardim do Seridó (18); Jaçanã (19); Passa e Fica (22); Nova Cruz (23); Goianinha (24); Ceará Mirim (25); Extremoz (26); Caraúbas (29); Apodi (30) e São Miguel (31).

Os examinadores analisam o conhecimento prático de volante dos alunos que já foram considerados aptos nos exames médico e psicológico, e que também já concluíram a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor de sua escolha.

O processo de exames realizado pelo Detran é contínuo e vem evitando a demanda reprimida e possibilitando que os testes sejam realizados periodicamente sem espera por parte dos usuários, como é o caso das avaliações realizadas na sede do Detran em Natal onde o usuário, muitas vezes, consegue agendar e realizar o teste prático no mesmo dia.

Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três. No caso de reprovação o candidato só poderá repetir o exame decorrido 15 dias da divulgação do resultado.

De acordo com informações coletadas no setor de Estatística do Detran, durante o primeiro trimestre deste ano foram realizados no Estado 13.453 testes práticos de direção veicular, correspondendo a uma média mensal de 4.484 avaliações. Do total de teste realizados nos três primeiros meses do ano, cerca de 85% dos candidatos foram aprovados e 15% foram considerados inaptos.

Fátima reafirma fortalecimento da Caern e meta de levar água e saneamento ao RN

IMG000000000203738

Ao proferir nesta segunda-feira, 17, a palestra magna do 30º Congresso Brasileiro de Saneamento e Engenharia Ambiental – Cbesa, a governadora Fátima Bezerra enfatizou que é de fundamental importância garantir à população o direito a água de qualidade e ao saneamento. Ela lembrou que o fornecimento de água limpa e o tratamento de esgotos têm reflexos positivos na saúde pública. “A Organização Mundial da Saúde – OMS comprova que cada R$ 1,00 investido em saneamento representa economia de mais de R$ 4,00 na saúde pública”, argumentou a governadora do Rio Grande do Norte. O congresso prossegue até o dia 19, no Centro de Convenções de Natal.

A governadora defendeu a ampliação dos investimentos pelo poder público e parcerias com o setor privado. “A agenda do RN não é a da privatização da água, mas a agenda do fortalecimento da empresa pública estadual, a Caern, que pode e deve dar lucro. Mas é importante também fazermos parcerias com o setor privado com a finalidade de levar a todo o estado água boa e em quantidade e saneamento para prevenir doenças e melhorar a saúde do nosso povo”.

Como exemplo de empresa pública eficiente e lucrativa, a governadora do RN citou a Cagepa – Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba, que hoje trabalha com eficiência e aporta ao Orçamento Geral do Estado R$ 120 milhões/ano. “Vamos intensificar o diálogo, inclusive em relação à proposta do marco legal do saneamento que tramita no Congresso, e firmar parcerias. Quanto mais diálogo, melhor”, reforçou.

O secretário nacional de saneamento ambiental, Jhônatas Assunção informou que “a nossa meta é que até 2033 consigamos atingir a universalização do saneamento básico no país”. Para isso será necessário investimentos de R$500 bilhões nos próximos anos e articulação entre estados e municípios para levar água e esgotamento sanitário a todos.

Promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), o congresso é o maior evento da área no país, reúne profissionais, estudantes e especialistas das áreas pública e privada, governo e universidades, e tem como tema “Saneamento Ambiental: como tratar igual, os desiguais”.

A presidente da Abes no RN, Geny Formiga, diretora de empreendimentos da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), disse que além das questões técnicas o evento trata de questões sociais “que impactam diretamente na qualidade de vida e do meio ambiente. Reunimos o que há de melhor no conhecimento técnico e político no setor, de forma democrática e participativa, trazendo contribuições para as políticas de saneamento”, declarou.

O presidente nacional da Abes, Roberval Tavares, registrou que “as ações e desafios no setor para os próximos anos devem ser prioridade do Estado”.

Durante o congresso também se realiza a Fitabes – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, que apresenta tecnologias de saneamento ambiental utilizado na América Latina, presença das principais empresas do setor expondo novidades em tecnologias, produtos, serviços e equipamentos, além de estandes de companhias de todo o país.

Espaço Água é aberto ao público

Esta edição do evento traz uma área inovadora e interativa aberta à visitação da população, com entrada franca. O Espaço Água está recebendo, até 19 de junho, estudantes e público geral para conhecer o mundo do saneamento e da água em atividades interativas e voltadas à educação ambiental e cidadã.

Em uma área de 3mil m², crianças e adultos poderão participar de jogos interativos, conhecer como funcionam as Estações de Tratamento de Água (ETAs) e de Tratamento de Esgoto (ETEs) e a coleta de resíduos. Uma das principais atividades do Espaço abordará todo o processo de despoluição dos rios e os impactos positivos para as cidades e suas populações.

O horário de visitação vai das 9h às 17h.

Protestos afetam transporte público, aulas e outros serviços no RN

felipe-camarao-ednaldo-lima

A capital potiguar amanheceu sem ônibus nesta sexta-feira (14). Somente por volta das 7h os ônibus começaram a sair das garagens. Os rodoviários aderiram à manifestação que acontece em várias cidades do país contra a reforma da previdência. Outros serviços também foram afetados. Em todo o País, diferentes cidades registram paralisações nos serviços públicos na manhã desta sexta-feira (14).

Desde a madrugada, vários pontos de rodovias que cortam o estado foram interditados.

Até às 7h30 os ônibus da empresa Guanabara ainda não estavam circulando. Já os ônibus das empresas Conceição, Cidade do Natal e Santa Maria começaram a rodar por volta das 7h.

Na quinta (14) a Justiça determinou que pelo menos 40% da frota circulasse durante a paralisação. Os trens circulam normalmente em Natal e região metropolitana.

Durante a paralisação, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) autorizou a operação dos permissionários do transporte opcional no mesmo itinerário das linhas de ônibus. Também foi permitido que os veículos do serviço de transporte escolar, táxis, de transporte da Região Metropolitana e de turismo autorizados pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DER) possam operar no itinerário das linhas de ônibus.

Greve geral

Várias categorias de trabalhadores e serviços amanheceram esta sexta-feira (14) paralisados no Rio Grande do Norte por causa de uma greve geral convocada em protesto contra o projeto da Reforma da Previdência apresentado pelo Governo Federal, que está em tramitação no Congresso.

Bancos

Os bancos não vão funcionar nesta sexta-feira (14), segundo confirmou o Sindicato dos Bancários. Os serviços só devem ser retomados na próxima segunda-feira (17), já que as agências não funcionam nos finais de semana.

Delegacias

As delegacias da capital e do interior também não funcionam nesta sexta (14), segundo o Sindicato dos Policiais Civis. De acordo com a categoria, os flagrantes e demais atendimentos necessários só devem ser garantidos nas delegacias de plantão. Em Natal, são duas – a Central de Flagrantes, na Zona Oeste, e a plantão Zona Norte.

Escolas e universidades

As escolas públicas também não terão aula em nenhum dos turnos desta sexta-feira (14), segundo o Sindicato dos Servidores da Educação. A associação de docentes da UFRN e servidores de outras universidades do estado também aderiram ao movimento e estão paralisados. De acordo com os servidores da educação, os protestos também são contra o contingenciamento dos recursos da Educação.

Hospitais

Hospitais e outros serviços de saúde pública terão atendimento reduzido, apenas com manutenção dos serviços essenciais, segundo o Sindicato dos Servidores da Saúde. Os trabalhadores também vão realizar atos em frente às unidades, como o Hospital Walfredo Gurgel, que tem o principal pronto-socorro do estado.

Fonte: G1/RN

Facebook0