eu e lula

“Eu continuarei andando pelo meu Brasil vendendo sonhos, tentando mostrar para as pessoas que é possível sonhar a noite e levantar pela manhã para realiza-lo”

Exclusiva

Em sua passagem histórica pela nossa Currais Novos, pela ocasião da Caravana da Cidadania,  o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu entrevista exclusiva a jornalista Denise Santos, diretora de jornalismo da Rádio 95.1 Fm e editora de política do Jornal A Notícia.

Quase sem voz, o líder político não se esquivou das perguntas e culpou “”. A declaração de Lula foi destaque nos principais jornais e sites do Brasil e do Mundo.

 

Denise Santos – Luiz Inácio Lula da Silva é comum escutarmos as pessoas falarem que quem colocou o Michel Temer no poder foram os eleitores de Lula e Dilma, visto que quem votou em sua sucessora, votou também em Michel, que era o candidato a vice presidente. O senhor se arrepende de ter participado dessa articulação para indicar Michel Temer como vice presidente da República?

Luiz Inácio Lula da Silva – Primeiro ninguém vota em vice. Na verdade quem colocou Temer no poder foram os deputados que foram comprados para votar e manter o Temer na presidência da República. O eleitor votou na Dilma, não votou no Temer. Eu penso que devemos analisar a aliança política no momento em que ela é construída. Em 2010 a Dilma precisava dessa aliança política, por ser desconhecida. Ela precisava do tempo de televisão para fazer sua campanha. Já em 2014 ela não precisaria mais de fazer aliança com o Temer do ponto de vista eleitoral. Mas se pensarmos do ponto de vista da governabilidade sim, isso porque nenhum presidente da República consegue governar sem negociar com os partidos políticos para poder aprovar projetos, para poder governar. O Temer é resultado de um momento político que elegeu a Dilma em 2014, até porque não estava escrito na testa que o Temer ia dar um golpe. Não estava escrito que os aliados da Dilma, até então, iam inventar uma mentira chamada pedalada, construir uma mentira jurídica e política para dar um golpe na Dilma. Na verdade o golpe não foi na Dilma. O golpe foi no povo brasileiro.

DS – Eleições 2018. No Rio Grande do Norte o nome da senadora Fátima Bezerra desponta como favorita para o governo do estado. O senhor estará ao lado de Fátima nesse projeto?

Lula – Já faz algum tempo que a Fátima é a liderança política mais importante desse estado. É importante lembrar que há algum tempo atrás ela foi candidata a prefeitura de Natal, fez uma campanha excepcional, mas ai juntou-se todo mundo contra ela e ai ela não vence as eleições. Eu acho que a Fátima é uma candidata muito forte. Só teremos que analisar quando estiver mais próximo da eleição para saber se é conveniente ou não, se tem outra pessoa para ser candidata ou não, porque também a gente não pode dar um tiro no escuro. Obviamente que ela é uma candidata muito forte, uma senadora brilhante, uma mulher com valor moral e ético excepcional. Eu estarei junto dela em qualquer circunstancia. Eu estarei junto do candidato do PT em qualquer situação.

DS – O senhor será candidato à presidência da República em 2018?

Não sei. É muito cedo ainda. Faltam 14 meses para as eleições. Nós temos até março do ano que vem para refletir. Eu tenho cinco inquéritos para responder. Inventaram cinco mentiras. Eu agora tenho que gastar dinheiro com advogado. Perder tempo indo a Brasília. Perder tempo indo a Curitiba por causa da disfarçastes de uma banda do Ministério Público, sobretudo aquele pessoal da lavajato. Eu tenho desafiado eles a apresentar um pedaço de papel higiênico me denunciado (tom de voz irritado). Eles contaram uma mentira e agora eles são obrigados a sustentar essa mentira porque eles assumiram um compromisso com os grandes meios de comunicação, com as grandes revistas. Subordinaram o Ministério Público e o juiz Moro a prestar conta para ele. Então eles estão em uma “encanacrada” sem saber como vão sair dessa. Imagina eles terem que me absorver agora? Como eles vão prestar conta depois de 500 capas de jornais e revistas, depois de mais de 20 horas de Jornal Nacional contra mim? Eles vão ter que se preparar de forma psicológica, contratar analistas, para poder dizer: “Olha! Lamentavelmente nós mentimos. Lamentavelmente nós não dissemos a verdade. Lamentavelmente nós inventamos uma história. Eu quero ver isso antes de morrer. Eu quero ver essa gente me pedindo desculpas. Porque ninguém pode tentar destruir uma imagem construída a suor e sangue nesse país, durante quase 50 anos. Ninguem pode destruir a melhor governança que existiu nesse país nos últimos 60 anos. As pessoas tem que ter responsabilidade. Ninguem pode denunciar impunimente. Eu estou esperando. Eu sei dos estudos que são feitos. Eu sei das pesquisas que são feitas. Eu sei que se for candidato tenho as chances de ganhar as eleições são muito grandes. Mesmo que não seja candidato eu serei um cabo eleitoral muito forte nesse país.

DS – Em toda sua trajetória de vida, uma grande mulher sempre esteve ao seu lado. Mariza Letícia. O senhor acha que o Brasil foi injusto com Dona Mariza?

Lula – O Brasil não! A Marisa sempre foi muito bem tratada pelo povo brasileiro. Eu acho que esses “meninos” da Lavajato tem responsabilidade com a morte dela. Porque você não pode dedicar uma vida inteira a cuidar de filhos, a fazer política e solidariedade e de repente e da forma mais banal possível, mais cretina possível, você ser taxada de corrupta. Não tem explicação, não tem! Esses meninos criaram uma mentira, inventaram a mentira, fizeram um power point da mentira , criaram uma história e agora não sabem como é que saem da história. Então eu tenho muita paciência. Eu não cheguei onde cheguei porque eu sou precipitado. Eu tenho muita paciência, eu conto até 10, se não der para aprender a contar até 10, eu conto novamente. Porque é muito difícil você construir o que construímos nesse país e depois você ver meia dúzia de meninos que o único serviço prestado a esse país é um concurso, tentar destruir tudo isso? Não!!! Se eles estão acostumados a lidar com político corrupto que enfia o rabo no meio das pernas e fica quieto, comigo eles vão ter que provar! Eu desafio todos os dias. Eu quero uma prova. Quando eles provarem eu peço desculpas ao povo brasileiro. Mas para isso tem que provar que exista um real ilícito em minha vida!

DSQual a impressão que o senhor leva da nossa cidade Currais Novos?

Lula – Eu saio daqui muito feliz. Estive aqui em 1994 durante a Caravana da Esperança e vi que muita coisa mudou. Essa é uma terra de muita gente bonita. Eu estou feliz pelo carinho do povo. Eu, sinceramente, não sei quantos políticos teriam a coragem de fazer o que eu estou fazendo. Ouvindo as pessoas e vendo esse brilho de esperança nos olhos das pessoas. Porque eu não acredito que um ser humano tenha como ir para frente se ele não sonhar. Se ele não tiver esperança. Se ele não acreditar que amanhã pode ser melhor que hoje. É para isso que a gente vive. É essa a vida que queremos construir. Eu continuarei andando pelo meu Brasil vendendo sonhos, tentando mostrar para as pessoas que é possível sonhar a noite e levantar pela manhã para realiza-lo.

 

 

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

admin Author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *