Caso de militar preso com cocaína tem várias versões e explicita falha de segurança

fab

Na cúpula do governo Jair Bolsonaro, há poucas dúvidas de que a prisão de um taifeiro da Aeronáutica com 39 kg de cocaína na Espanha poderá revelar um esquema maior de tráfico de drogas.

Mesmo que seja um incidente isolado, na hipótese de o militar ter sido abordado por criminosos devido ao seu acesso a viagens com menor controle burocrático, a preocupação mais aguda é com a exposição das falhas de segurança da Presidência.

Ela foi agravada pela cacofonia de versões sobre o episódio ao longo desta quarta (26).

Folha ouviu cinco ex-integrantes de viagens internacionais de presidentes, que foram unânimes nessa crítica.

Tuíte presidencial aqui, fala do presidente interino ali, notas acolá. Nenhum relato exato sobre o que aconteceu em Sevilha está disponível.

O presidente interino, Hamilton Mourão, afirmou na manhã de quarta que o taifeiro Manoel Silva Rodrigues fazia parte de uma tripulação que ficaria na cidade espanhola para esperar Bolsonaro voltar do Japão.

Já a Aeronáutica disse à noite que eles não embarcariam no Airbus de Bolsonaro, que voltaria ao Brasil pelos EUA.

Mourão voltou atrás depois. Conforme a Folha ouviu do entorno de Bolsonaro, o presidente ficou agastado com a divulgação que seu vice fizera da versão de que o taifeiro iria embarcar no mesmo avião que ele em algum momento.

Segundo oficiais com conhecimento do voo, o Embraer-190 em que Rodrigues estava parou na Espanha para reabastecimento e levava o chamado Escav (Escalão Avançado), grupo que cuida de burocracias aeroportuárias e precede a chegada do presidente.

Também é incerto o que aconteceu em solo, desconsiderando aí as motivações da equipe que ficou em Sevilha.

A FAB não explica o que eles iriam fazer. Uma hipótese provável seria a de voar o próprio Embraer-190 na viagem de volta, para render a tripulação oriunda do Japão na travessia transatlântica.

Segundo reportagem do jornal Diário de Sevilha sobre o caso, Rodrigues foi preso ao tentar deixar o terminal com a bagagem suspeita.

Não fica claro se isso ocorreu durante inspeção alfandegária normal, o que seria normal, e se havia outras pessoas com ele na hora da ação.

Afinal, quantos dos 21 militares integrantes do voo de fato desceram da aeronave e por qual motivo?

Sobre a ação em si, não é o caso de descartar a possibilidade de ter havido uma dica dada à polícia local, dado que Sevilha é conhecido centro distribuidor de drogas da América do Sul na Europa.

Segundo um frequentador do avião presidencial oficial, o Airbus-319ACJ apelidado de Aerolula quando foi comprado pelo então mandatário petista em 2005, a revista é rígida para todas as bagagens.

Confirmam isso os ex-integrantes de comitivas. Que também contam que o controle é bem mais leniente em aviões de apoio. Ainda assim, todos os oficiais ouvidos se disseram surpresos com o caso.

As tripulações GTE (Grupo de Transporte Especial) são consideradas das mais qualificadas em toda a Força Aérea. São vagas disputadas, já que viagens ao exterior também garantem diárias em dólar.

São ao todo cerca de 120 militares, do taifeiro ao comandante, divididos em três esquadrões (o do presidente, outro do vice e ministros, e um terceiro de helicópteros).

Como Rodrigues voou 29 vezes pelo GTE, isso levanta questões óbvias sobre os controles internos de segurança de quem transporta a elite política do país, e a pressão deverá recair sobre o Gabinete de Segurança Institucional.

FOLHAPRESS

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Aviões do Forró tem dívida milionária com a Receita Federal e muita briga na justiça

download (23)

A polêmica envolvendo a Aviões do Forró e Solange Almeida acaba de ganhar mais um episódio. Segundo os jornalistas Demitri Túlio e Walber Freitas, do Jornal O Povo, o grupo tem um dívida inicial com a Receita Federal que passa dos R$ 14 milhões.

De acordo com a publicação, a cobrança do valor está inserida em um documento de contestação da empresa Aviões do Forró Gravações e Edições Musicais Ltda.

Além desta dívida, outro valor chama atenção. Segundo Isaías Duarte, principal empresário da banda, Solange deve ao grupo mais de R$ 17 milhões. O valor seria referente a uma soma dos prejuízos que a artista deixou após sair da banda.

Por outro lado, a cantora está com um processo aberto contra seus ex-sócios, entre eles, Xand Avião, com quem dividiu palco por mais de 10 anos. Na ação, Almeida pede uma indenização no valor de R$ 5 milhões.

RD1 / TERRA

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Fátima reafirma fortalecimento da Caern e meta de levar água e saneamento ao RN

IMG000000000203738

Ao proferir nesta segunda-feira, 17, a palestra magna do 30º Congresso Brasileiro de Saneamento e Engenharia Ambiental – Cbesa, a governadora Fátima Bezerra enfatizou que é de fundamental importância garantir à população o direito a água de qualidade e ao saneamento. Ela lembrou que o fornecimento de água limpa e o tratamento de esgotos têm reflexos positivos na saúde pública. “A Organização Mundial da Saúde – OMS comprova que cada R$ 1,00 investido em saneamento representa economia de mais de R$ 4,00 na saúde pública”, argumentou a governadora do Rio Grande do Norte. O congresso prossegue até o dia 19, no Centro de Convenções de Natal.

A governadora defendeu a ampliação dos investimentos pelo poder público e parcerias com o setor privado. “A agenda do RN não é a da privatização da água, mas a agenda do fortalecimento da empresa pública estadual, a Caern, que pode e deve dar lucro. Mas é importante também fazermos parcerias com o setor privado com a finalidade de levar a todo o estado água boa e em quantidade e saneamento para prevenir doenças e melhorar a saúde do nosso povo”.

Como exemplo de empresa pública eficiente e lucrativa, a governadora do RN citou a Cagepa – Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba, que hoje trabalha com eficiência e aporta ao Orçamento Geral do Estado R$ 120 milhões/ano. “Vamos intensificar o diálogo, inclusive em relação à proposta do marco legal do saneamento que tramita no Congresso, e firmar parcerias. Quanto mais diálogo, melhor”, reforçou.

O secretário nacional de saneamento ambiental, Jhônatas Assunção informou que “a nossa meta é que até 2033 consigamos atingir a universalização do saneamento básico no país”. Para isso será necessário investimentos de R$500 bilhões nos próximos anos e articulação entre estados e municípios para levar água e esgotamento sanitário a todos.

Promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES), o congresso é o maior evento da área no país, reúne profissionais, estudantes e especialistas das áreas pública e privada, governo e universidades, e tem como tema “Saneamento Ambiental: como tratar igual, os desiguais”.

A presidente da Abes no RN, Geny Formiga, diretora de empreendimentos da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), disse que além das questões técnicas o evento trata de questões sociais “que impactam diretamente na qualidade de vida e do meio ambiente. Reunimos o que há de melhor no conhecimento técnico e político no setor, de forma democrática e participativa, trazendo contribuições para as políticas de saneamento”, declarou.

O presidente nacional da Abes, Roberval Tavares, registrou que “as ações e desafios no setor para os próximos anos devem ser prioridade do Estado”.

Durante o congresso também se realiza a Fitabes – Feira Internacional de Tecnologias de Saneamento Ambiental, que apresenta tecnologias de saneamento ambiental utilizado na América Latina, presença das principais empresas do setor expondo novidades em tecnologias, produtos, serviços e equipamentos, além de estandes de companhias de todo o país.

Espaço Água é aberto ao público

Esta edição do evento traz uma área inovadora e interativa aberta à visitação da população, com entrada franca. O Espaço Água está recebendo, até 19 de junho, estudantes e público geral para conhecer o mundo do saneamento e da água em atividades interativas e voltadas à educação ambiental e cidadã.

Em uma área de 3mil m², crianças e adultos poderão participar de jogos interativos, conhecer como funcionam as Estações de Tratamento de Água (ETAs) e de Tratamento de Esgoto (ETEs) e a coleta de resíduos. Uma das principais atividades do Espaço abordará todo o processo de despoluição dos rios e os impactos positivos para as cidades e suas populações.

O horário de visitação vai das 9h às 17h.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Economia para o RN com a reforma da previdência seria acima de R$ 7,4 bilhões em 10 anos e redução no deficit seria de quase 46%

download (22)

Segundo o estudo da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado o ganho do Rio Grande do Norte com a aprovação da reforma da previdência com os estados incluídos seria de R$ 7,4 bilhões em 10 anos.

Responsável pelo estudo da IFI, o analista e consultor legislativo do Senado Josué Pellegrini considerou o impacto da reforma sobre o rombo previdenciário de cada estado registrado em 201, se atualizarmos esse dados para os dias atuais a situação seria ainda mais favorável para o estado.

Nesse mesmo estudo, o analista diz que com a aprovação da reforma da previdência ainda este ano, a redução do déficit previdenciário potiguar seria de 45,9%.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Fátima defende novo Fundeb como política de Estado e maior participação da União

IMG000000000204895

Em audiência pública da Comissão Especial da Câmara dos Deputados, que analisa as propostas para o novo Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, a governadora Fátima Bezerra reforçou, nesta terça-feira, 25, em Brasília, que “é preciso buscar convergências para transformar o Fundeb numa política de estado, perene, e com maior participação da União”.

Ao destacar estas duas condições, Fátima Bezerra disse que elas estão contempladas na proposta do novo Fundeb de sua autoria e que é apoiada pelo Forum dos Governadores do Brasil. “Esse é o caminho para ampliar a oferta de vagas, as creches, a qualidade da educação, a valorização profissional visando um país com mais equilíbrio, melhor distribuição de renda e qualidade de vida”, afirmou a governadora do RN lembrando que hoje o  Plano Nacional de Educação completa cinco anos, “um plano que é estratégico para o presente e para o futuro do nosso país, mas que, infelizmente, o  balanço que fazemos é que o plano está estacionado”.

Ainda na audiência pública Fátima Bezerra considerou “imperativo que sociedade acompanhe os debates sore novo Fundeb. Por que o Fundeb é a mais importante política para financiamento da educação básica. Precisamos aprofundar os debates e ter a garantia do novo Fundeb. Eu, como representante dos governadores dos estados do Brasil, defendo o novo Fundeb como política de estado permanente, sem prazo de validade como é hoje, e com ampliação da participação da União no financiamento da educação básica. Hoje a União entra apenas com 10%, estados e municípios entram com 90%”, ressaltou, para informar que “Maior participação da União significa mais estados e municípios contemplados, a efetividade do pacto federativo e melhor ensino e aprendizado. Estudo técnico mostra que a maior participação da União vai ampliar o número de estados contemplados de 10, atualmente, para 17”.

Para Fátima Bezerra, aprovar o novo Fundeb “é um desafio que trará enormes vantagens e benefícios a todos com a garantia do fortalecimento da educação do nosso país” e explicou algumas metas definidas para serem consolidadas até 2024:  garantir 50% das crianças 0 a 3 anos idade nas creches; 50% das escolas com educação em tempo integral; novo piso salarial do magistério equiparação do salário médio do professor aos demais profissionais com mesmo nível de formação (hoje ganham 50% a menos); garantir formação continuada aos educadores; alfabetizar todas as crianças até os 8 anos de idade; alfabetização de jovens e adultos.

“Acho que temos um ambiente sensível e um compromisso do Parlamento brasileiro. O país precisa que a agenda do novo Fundeb prevaleça. Insistimos no caráter permanente e no maior aporte de recursos pela União. Nossa proposta incorpora sugestões dos diversos setores da educação”, enfatizou ao encerrar sua participação na audiência. A PEC dos Governadores tramita no Senado e outras duas propostas tramitam na Câmara dos Deputados.

O QUE É O FUNDEB

O Fundeb é hoje a principal fonte de financiamento da educação básica brasileira. O modelo atual tem sua vigência encerrada em 2020. A PEC 15/15, apresentada pelo Forum dos Governadores do Brasil e de autoria da governadora Fátima Bezerra, propõe tornar o Fundeb uma política pública permanente e a ampliação da participação financeira da União junto aos estados e municípios.

A governadora Fátima Bezerra considera que o Fundeb é fundamental para melhorar a infraestrutura das nossas escolas e investir na manutenção e desenvolvimento do ensino Brasil e no Rio Grande do Norte”.

A proposta contempla:

•        Novo modelo de financiamento que seja permanente e uma política pública de estado com aperfeiçoamento e ampliação da participação do governo federal que hoje é de apenas 10%. A ampliação prevê 20% no primeiro ano de vigência e acréscimos de 2% ao ano nos dez anos seguintes até atingir 40%.

•        Quando foi criado o Fundeb, 60% dos repasses feitos pelo governo federal aos estados e municípios eram destinados ao pagamento dos salários dos professores. Os 40% restantes eram destinados ao custeio das escolas. Hoje os prefeitos alegam que os recursos suprem apenas o pagamento da folha salarial da Educação e não há sobras para investir no custeio e melhoria das escolas.

TRAMITAÇÃO DA PEC DOS GOVERNADORES PARA O NOVO FUNDEB

•        8 de maio – Após apresentação ao Fórum dos governadores em Brasília, a proposta de emenda constitucional (PEC) que cria o novo Fundeb foi entregue aos presidentes da República, Jair Bolsonaro, do Senado, Davi Alcolumbre, da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia, e ao ministro da Educação, Abraham Weintraub.

•        O ministro se comprometeu a criar um grupo de trabalho para analisar a proposta junto com entidades como o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Gol anuncia 19 voos extras para Natal ao longo de julho

latammm

Entre os dias 7 e 28 de julho, a Gol Linhas Aéreas irá operacionalizar 19 voos extras ligando o Aeroporto Int. Gov. Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, aos Aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo. As operações adicionais contemplam o período de férias escolares e da alta temporada de inverno. A Latam Airlines Brasil anunciou ampliação de rotas para período similar com 646 decolagens adicionais, mas não incluiu o Rio Grande do Norte. A Azul Linhas Aéreas não divulgou dados sobre o incremento para as férias de julho até o momento.

“Nossa operação de alta temporada está focada principalmente nos destinos de lazer que registram aumento de demanda neste período. Realizamos diversas mudanças na nossa malha para proporcionar mais comodidade aos clientes que escolhem a Gol para viajar. Adicionamos voos diretos conectando diferentes cidades, reduzindo o tempo total de viagem e permitindo que o cliente voe sem a necessidade de fazer conexões ou escalas, proporcionando assim uma melhor experiência”, afirmou Rafael Araújo, diretor de planejamento de malha da Gol.

Em todo o Brasil, em decorrência da proximidade do período de férias escolares, a Gol anunciou mais de 2.320 voos extras, no período de julho a agosto, o equivalente a mais de 400 mil assentos adicionais.

TRIBUNA DO NORTE

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Zezé Di Camargo e Luciano atraem público em noite chuvosa do São João de Natal

whatsapp-image-2019-06-14-at-08.38.44

Mesmo com chuva intensa, o público compareceu aos shows desta quinta-feira (13), na segunda noite dos grandes shows do São João de Natal. Na área externa da Arena das Dunas, o público acompanhou à apresentação de Pedro e Erick, que fizeram o primeiro show, seguidos por Rodolfo Lopes. Depois, foi a vez da consagrada dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano animar o público com os seus sucessos. Nesta sexta-feira (14), a promessa de animação fica com os shows do Forró Meirão, Alexandre Moreira e Banda e Luizinho Calixto. A noite será encerrada com a grande apresentação de César Menotti e Fabiano. A programação na Arena segue até o domingo (16).

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Protestos afetam transporte público, aulas e outros serviços no RN

felipe-camarao-ednaldo-lima

A capital potiguar amanheceu sem ônibus nesta sexta-feira (14). Somente por volta das 7h os ônibus começaram a sair das garagens. Os rodoviários aderiram à manifestação que acontece em várias cidades do país contra a reforma da previdência. Outros serviços também foram afetados. Em todo o País, diferentes cidades registram paralisações nos serviços públicos na manhã desta sexta-feira (14).

Desde a madrugada, vários pontos de rodovias que cortam o estado foram interditados.

Até às 7h30 os ônibus da empresa Guanabara ainda não estavam circulando. Já os ônibus das empresas Conceição, Cidade do Natal e Santa Maria começaram a rodar por volta das 7h.

Na quinta (14) a Justiça determinou que pelo menos 40% da frota circulasse durante a paralisação. Os trens circulam normalmente em Natal e região metropolitana.

Durante a paralisação, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) autorizou a operação dos permissionários do transporte opcional no mesmo itinerário das linhas de ônibus. Também foi permitido que os veículos do serviço de transporte escolar, táxis, de transporte da Região Metropolitana e de turismo autorizados pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DER) possam operar no itinerário das linhas de ônibus.

Greve geral

Várias categorias de trabalhadores e serviços amanheceram esta sexta-feira (14) paralisados no Rio Grande do Norte por causa de uma greve geral convocada em protesto contra o projeto da Reforma da Previdência apresentado pelo Governo Federal, que está em tramitação no Congresso.

Bancos

Os bancos não vão funcionar nesta sexta-feira (14), segundo confirmou o Sindicato dos Bancários. Os serviços só devem ser retomados na próxima segunda-feira (17), já que as agências não funcionam nos finais de semana.

Delegacias

As delegacias da capital e do interior também não funcionam nesta sexta (14), segundo o Sindicato dos Policiais Civis. De acordo com a categoria, os flagrantes e demais atendimentos necessários só devem ser garantidos nas delegacias de plantão. Em Natal, são duas – a Central de Flagrantes, na Zona Oeste, e a plantão Zona Norte.

Escolas e universidades

As escolas públicas também não terão aula em nenhum dos turnos desta sexta-feira (14), segundo o Sindicato dos Servidores da Educação. A associação de docentes da UFRN e servidores de outras universidades do estado também aderiram ao movimento e estão paralisados. De acordo com os servidores da educação, os protestos também são contra o contingenciamento dos recursos da Educação.

Hospitais

Hospitais e outros serviços de saúde pública terão atendimento reduzido, apenas com manutenção dos serviços essenciais, segundo o Sindicato dos Servidores da Saúde. Os trabalhadores também vão realizar atos em frente às unidades, como o Hospital Walfredo Gurgel, que tem o principal pronto-socorro do estado.

Fonte: G1/RN

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Diretórios municipais do PSDB no RN realizarão convenções na primeira semana de julho

PSDB RN_0

Os diretórios municipais do PSDB no Rio Grande do Norte que ainda não renovaram os mandatos de seus dirigentes, realizarão convenções extraordinárias entre os dias 1º e 7 de julho. O calendário foi aprovado pelo presidente estadual da legenda, deputado Ezequiel Ferreira.

Segundo a resolução assinada por Ezequiel, a prorrogação dos mandatos de alguns diretórios municipais atende a uma das diretrizes da nova Executiva Nacional do partido, “de fortalecimento da legenda” em todo o país. “Estamos dando sequência ao trabalho para fortalecer ainda mais o PSDB no Estado, contribuindo para que a legenda tenha forte atuação nos municípios potiguares e esteja representada nas próximas eleições na maior quantidade de cidades do RN”, disse o presidente da legenda.

Ainda conforme a resolução, “os diretórios municipais que, por qualquer motivo, deixarem de realizar sua convenção na data base fixada, restarão dissolvidos automativamente, oportunidade em que o Diretório Estadual designará uma Comissão Provisória”. Estão autorizados a participar das convenções, com direito a votar e ser votado, o filiado que tenha prazo mínimo de filiação de 30 dias do evento respectivo. Dúvidas e informações complementares poderão serem tiradas pelo contato (84) 3234-8096.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

ASSEMBLEIA PASSA A COOPERAR COM PROJETO CASA DA JUSTIÇA E CIDADANIA

3d0bf463bde11a79abe4b4f9d61a3ac5

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), assinou convênio com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), para o desenvolvimento de ações e projetos de cidadania voltados à comunidade. O acordo amplia os serviços nas áreas de Psicologia e Serviço Social prestado à população dentro do projeto “Casa da Justiça e Cidadania”, vinculado ao Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS) do TJRN. A Casa da Justiça e Cidadania está instalada no shopping Estação, na Zona Norte de Natal.

A Assembleia formaliza essa parceria para possibilitar o atendimento à comunidade com profissionais das áreas de psicologia e assistência social, gratuitamente, toda segunda e quinta-feira, das 8h às 14h, no Shopping Estação. “Inicialmente é isso, mas depois podemos ampliar a participação da Assembleia Legislativa nessa ação que busca a conciliação processual”, disse Ezequiel Ferreira.

Para o presidente do TJRN, João Rebouças, esse é um momento significativo. “Essa parceria levará serviços para a comunidade carente com participação efetiva da Assembleia nesse trabalho social que visa a população mais carente da zona Norte de Natal”, destacou o desembargador.

A desembargadora e coordenadora do Núcleo de Ações e Programas Socioambientais (NAPS) do TJRN, Zeneide Bezerra, o secretário geral do TJRN, Lindolfo Sales, o diretor geral da ALRN, Augusto Viveiros, a diretora administrativa e financeira da Assembleia Legislativa, Dulcineia Brandão, e a chefe gabinete da presidência, Larissa Rosado, também participaram da reunião na manhã desta terça-feira (11).

Serviços
A Casa da Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte faz parte de uma rede de Casas por todo o país, regulamentadas pelo CNJ. As universidades Estácio e Maurício de Nassau; o Instituto Brasileiro de Direito de Família; a seccional potiguar da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica e da Associação de Direito da Família e das Sucessões, e agora, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, fazem os atendimentos que são gerados a partir de demandas dentro dos processos judiciais.

O serviço funciona de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 16h, no Shopping Estação, na Avenida Dr. João Medeiros Filho, 2300 Potengi, Zona Norte de Natal.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0
Facebook0