Irmã de cantor de forró é morta a tiros

Foto Arquivo pessoal

Uma mulher foi morta a tiros e seu marido atingido pelos disparos de fogo, no último domingo (24) em Umarizal, cidade da região Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Militar, a vítima, Damiana Soares de Lima, de 40 anos, é irmã do cantor da banda Saia Rodada.

A polícia contou que Damiana estava em casa com o marido, quando dois homens chegaram em uma moto e a chamaram. Quando ela se aproximou da porta, os criminosos atiraram. A mulher foi atingida por quatro tiros na cabeça e no abdômen. O marido dela foi atingido por dois tiros na perna.

Vizinhos socorreram o casal para o centro de saúde do município, mas Damiana não resistiu. O marido da vítima está em situação estável e fora de risco.

Os suspeitos não foram localizados e ainda não há informações sobre a motivação do crime.

Fonte: G1/RN

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Projeto social “Sopão Solidário” já é exemplo para outros municípios

Foto: Cedida

O projeto social “Sopão Solidário”, idealizado pela moradora do bairro Silvio Bezerra de Melo, em Currais Novos, que distribui sopa para famílias carentes em três bairros da cidade é exemplo também para outros municípios.

Na semana que vem, a equipe do projeto estará se deslocando para a cidade de São Tomé, onde passará um pouco da experiência de distribuir o sopão.

De acordo com a coordenadora e idealizadora do projeto, Rosângela Marques, o projeto é para todos que necessitam. “É extremamente gratificante saber que o nosso trabalho tem levado um pouco de conforto as famílias carentes da nossa cidade. Sabemos que muitas dessas famílias não tem muito e o sopão chega como forma de mostrar que nos importamos com eles”, ressaltou.

Todos os ingredientes utilizados para a fabricação do sopão é fruto de doação de empresários e populares que ajudam a tornar o projeto uma realidade.

Em Currais Novos três bairros já são beneficiados com o projeto do “Sopão Solidário”: Na quarta-feira no bairro Alto de Santa Rita, na quinta-feira no Bairro José Bezerra e na sexta-feira no Bairro Silvio Bezerra de Melo.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Situação hídrica de Currais Novos é cada dia mais preocupante

dourado

A situação hídrica do município de Currai Novos está cada vez mais difícil e preocupante. O único manancial hídrico do município, o Açude Dourado, já está em seu volume morto e a tão esperada adutora de engate rápido segue sendo corrigida, mas a cada dia inúmeras falhas são detectadas.

De acordo com o gerente local da Caern, Adelson Santos, a situação é muito preocupante. “Hoje, cumprindo com o meu dever mais uma vez estive acompanhando o nível do Açude Dourado e percebe-se que a cada dia que passa este guerreiro se esvazia, motivo de muita tristeza e preocupação para toda Currais Novos”, escreveu em suas redes sociais.

A classe empresarial da cidade já começa a se mobilizar em busca de soluções para esse problema que além de trazer vários transtornos para a população, interfere diretamente na economia da cidade.

“Já estamos nos mobilizando. Precisamos buscar das autoridades soluções para mais essa crise que estamos prestes a enfrentar. Ela é muito mais grave que imaginamos, visto que interfere diretamente na economia da nossa cidade. É hora de somarmos forças”, destacou a presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Francisca Felipe (Loura Gás).

Se antecedendo a toda essa crise, o prefeito Odon Júnior, já realizou algumas reuniões com os envolvidos nesse tema, buscando amenizar os efeitos dessa que promete ser uma das intensas crise hídrica vivenciada pela população de Currais Novos.

“Já nos reunimos com as secretarias estaduais que tratam do assunto. Já estamos nos programando para adotar medidas que amenizem o sofrimento da nossa população, principalmente a mais carente”, destacou Odon Júnior.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Criminosos colocam fogo em carro estacionado na frente do Itep em Mossoró

Foto: www.ocamera.com.br

Um carro do tipo “Tracker” da Chevrolet, pertencente a um funcionário do Itep, Unidade Regional de Mossoró, foi encontrado em chamas na madrugada de hoje, 23 de setembro.

O carro estava no estacionamento do órgão, na Rua Vicente Fernandes, no bairro Nova Betânia, em Mossoró.
Funcionários de plantão conseguiram conter as chamas utilizando mangueiras e baldes com agua. A equipe de combate a incêndio do Corpo de Bombeiro foi acionada para os procedimentos finais.

Segundo informações, ao lado do carro foram encontradas, marreta, garrafa plástico suja de gasolina e fosforo. A Polícia Civil investiga possibilidade de incêndio criminoso.

O proprietário do veiculo acionou a equipe da Delegacia de Plantão, que deverá registrar a ocorrência. Câmeras de segurança instaladas no Itep e em residências da Rua vão ajudar na identificação dos possíveis acusados.

Fonte: www.ocamera.com.br

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Estudantes da UFRN de Caicó são assaltados em Pernambuco

abf247250d5f53e7e3b6469e6e9c54b4

Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte de Caicó, foram assaltados na madrugada de hoje (23), no vizinho estado de Pernambuco.

De acordo com os relatos da estudante Laiza Brunet Alves, um caminhão com três homens armados portando armas de grosso calibre, interditaram a estrada, renderam o motorista e o obrigaram a recolher os pertences dos estudantes, que viajavam em um ônibus da instituição para conhecer uma tribo indígena na Bahia. Eles tiveram seus celulares, dinheiro e pertences levados pelos meliantes.

O mesmo procedimento criminoso aconteceu com mais sete caminhões que vinham atrás do ônibus dos estudantes, que só foram liberados pela quadrilha depois do rapa em todos os veículos.

Os estudantes foram conduzidos para a delegacia mais próxima, e seguiram viagem rumo ao estado da Bahia, onde conhecerão uma tribo indígena da região.

 

 

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

FICO 2017 realiza hoje, grande final em Praça Pública

21751421_917424178412313_8027648375391196735_n

O maior Festival de música estudantil do Rio Grande do Norte, FICO – Festival Interestadual da Canção – chegou ao seu final. Dez estudantes de várias instituições do Seridó, irão participar da grande final, que acontece hoje, a partir das 19h30, na Praça Cristo Rei.

O FICO é um evento promovido pela Escola Unica Master e já acontece há 16 anos. Esse ano o Festival adotou uma nova roupagem. As primeiras etapas classificatórias aconteceram no Programa de Tv, Hora Unica da Educação, apresentado no Canal 4 da Sidys Tv a Cabo, todas as sextas-feiras, às 19h.

A grande final ocorrerá em Praça Pública e reunirá familiares, amigos e admiradores dos dez concorrentes, que disputarão, nas categorias mirim e juvenil.

 

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Código de Trânsito faz 20 anos, mas acidentes fatais ainda geram preocupação

transito_na_saida_de_sao_paulo-580x330

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) completa neste sábado, 23 de setembro, 20 anos. Criado pela lei 9.503, o CTB tem 341 artigos e 688 resoluções inseridas ao longo do tempo, na tentativa de se buscar uma perfeição de normas.

Mesmo considerada boa por especialista, a legislação ainda não tem sido suficiente para tirar o Brasil de uma posição nada invejável no ranking mundial de mortes no trânsito: o quarto lugar, depois da China, Índia e Nigéria.

Os dados oficiais mais recentes do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, são de 2015, quando 38.651 morreram vítimas de acidentes de trânsito. Esse número foi 11% inferior a 2014, mas ainda elevado e em ritmo lento diante do propósito de um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), que é reduzir as ocorrências à metade no fechamento da década, em 2020.

Os casos envolvendo automóveis caíram 23,9% e os óbitos por atropelamentos, 21,5%. Já os registros referentes a motociclistas diminuíram com intensidade menor (4,8%).

De acordo com esse relatório, o estado de São Paulo foi o que mais conseguiu reduzir o número de vítimas fatais ao passar de 7.303 (em 2014) para 6.134 (em 2015), uma baixa em termos absolutos de 1.169 óbitos.

Em seguida aparece o Rio de Janeiro (de 2.902 para 2.193), o que significa 709 mortes a menos, e Bahia, onde 2.265 pessoas perderam a vida em 2015, ante 2.737, em 2014, uma diferença de 472.

Lei Seca

Para o Ministério da Saúde, essa redução “pode estar relacionada à efetividade das ações de fiscalização após a Lei seca”, implantada há 9 anos. Em suas considerações, a pasta destaca que, “além de mudar os hábitos dos brasileiros, a lei trouxe um maior rigor na punição e no bolso de quem a desobedece”.

O condutor flagrado dirigindo sob efeito de qualquer quantidade de bebida alcoólica está sujeito a multa de R$ 2.934,70, além da suspensão do direito de dirigir por 12 meses. Na reincidência, o valor é dobrado.

Uma outra explicação é o desaquecimento no mercado interno de veículos e também a integração dos municípios ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT). De acordo com o ministério, nas localidades onde foram criados os órgãos executivos de trânsito foi constatado um recuo de 12,8% no registro de mortes provocados por acidentes, enquanto nos demais ocorreu queda de 8,9%.

Internações

Os dados indicam também uma redução de 1.018 casos de feridos internados, mas que, igualmente, revela um saldo expressivo. Tiveram de ser hospitalizados 158,7 mil vítimas. Apesar dessa queda, quando são analisadas isoladamente, as ocorrências mostram crescimento em relação aos acidentados com motocicletas, que tiveram um aumento de 4.061 no total de casos, e com bicicletas, 1.669.

Sem contar os transtornos aos pacientes e familiares e as despesas previdenciárias, essas internações geraram um custo de R$ 242 milhões para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Por meio de nota, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, informou que a questão “ é um problema que precisa ser enfrentado com muita clareza e determinação de toda a sociedade, pois causa danos às famílias que acabam perdendo seus entes queridos”.

Francisco Garonce, coordenador de Educação do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), considera significativo o resultado obtido no combate à violência no trânsito, mas vê como “uma meta ambiciosa” a tentativa de reduzir à metade os casos de acidente com morte nesses próximos três anos.

Segundo ele, uma das medidas em curso é a reestruturação do processo de formação dos condutores pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), em que deverão ser adotadas regras mais claras em torno das provas teóricas e práticas para a expedição da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

”Com mais clareza em torno de todas as habilidades que o condutor deve ter, diminui aquele nervosismo por imaginar se o examinador é bonzinho ou ruim”, disse Garonce.

Preparação pedagógica

O coordenador informou também que um estudo do Observatório Nacional de Segurança Viária, aprovado pelo Contran, foi entregue esta semana ao Ministério de Educação (MEC). Trata-se de uma proposta para adoção de um método pedagógico no ensino fundamental visando à formação dos alunos das nove séries em educação do trânsito.

Resultado de quatro anos de trabalho, esse estudo estabelece estratégias para todos os níveis do ensino fundamental, explicou o gerente técnico dessa organização não overnamental (ONG), Renato Campestrini.

Foram elaborados 20 livros didáticos com temas vinculados à questão do trânsito e que serão inseridos em disciplinas da grade escolar, entre elas o ensino da física ou da matemática. A ideia é preparar esses estudantes contra os riscos de se envolverem em acidentes, o que será útil ainda para torná-los mais aptos no futuro, quando tiverem a intenção de obter a CHN, esclareceu Campestrini.

Os especialistas ouvidos pela Agência Brasil avaliam que, para combater a violência no trânsito, não se pode escapar do tripé: educação, engenharia (infraestrutura das vias e do transporte) e fiscalização. Para o professor do Instituto de Segurança no Trânsito e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília (UnB), David Duarte Lima, existem defeitos no Código.

“Em vez de mais programa de segurança no trânsito, o que temos é uma mina de ouro por meio das cobranças de multas, que acabam sendo um tapa-buraco nos caixas dos governos.”.

Conforme o professor, há um desequilíbrio na classificação do teor das infrações com os conceitos de gravíssimas, graves e leves. “Na prática, algumas tipificadas de muito graves não o são’”,afirma Duarte Lima, citando como exemplo a punição em torno de mudanças de faixas com multa e perda de quatro pontos na CNH.”Mas são problemas que não se resolve do dia para a noite”, disse.

Em sua análise, uma das soluções para amenizar o fluxo e evitar acidentes é o aumento dos investimentos em transportes, incluindo o sistema sobre trilhos como é feito na Europa.

Mais educação

Já o engenheiro Luiz Célio Bottura, do Instituto de Engenharia, avalia que o país tem “um bom código”. Segundo ele, a falha “é a falta de educação no trânsito”, combinada com o fato de se investir pouco em fiscalização e de se menosprezar os meios de proteção ao pedestre.

“O cidadão sabe que não deve usar o celular ao volante, mas usa. Ele sabe que não deve ultrapassar o limite de velocidade, mas, se não tem radar, ele excede na aceleração”. Bottura lembra que, em rodovias onde não há sinalização, o limite máximo de velocidade é de 110 km/h, mas deveria baixar para 60 km/h.

Ele também defende ainda maior engajamento dos fabricantes de veículos com a adoção de critérios contra defeitos de produção que implicam em riscos potenciais de acidentes.

Reconhece como evolução positiva os itens de segurança agregados em modelos nacionais, como o air-bag e o cinto de segurança. No entanto, adverte que isso nada vale se forem comercializadas unidades que, eventualmente, venham apresentar panes nesses equipamentos.

Agência Brasil. 

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Chacina na Grande Natal – 6 são mortos

Foto cedida

Seis jovens foram executados a tiros na noite desta sexta-feira (22) na frente de uma casa na comunidade de Santa Maria, em Extremoz, município da Grande Natal. Eles faziam uma pequena confraternização e bebiam quando foram rendidos pelos assassinos. Um deles ainda foi socorrido, mas chegou morto ao hospital. Ninguém foi preso.

Segundo o delegado Luciano Chaves, que coordena uma das equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime aconteceu por volta das 21h. Ao G1, ele contou que pelo menos 10 homens com armas de grosso calibre participaram da matança. No local, também foram encontradas capsulas de pistola.

Até o momento, cinco mortos foram identificados. São eles:

  • Eribelton Avelino da Silva, 23 anos;
  • Geovane da Silva, 20 anos;
  • Fernando Gomes Teixeira, 20 anos;
  • Artur Antônio Alves do Nascimento, 20 anos;
  • Vinícius Manuel Câmara Tomás, 16 anos.

O corpo da sexta vítima permanece no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em Natal, a espera de identificação.

Antes de os criminosos acabarem com a festa, os jovens chegaram a fazer uma foto registrando a confraternização. A imagem estava no celular de um deles. “Os criminosos chegaram à residência em dois ou três carros e estavam vestidos de preto. Lá, ordenaram que os rapazes deitassem no chão e atiraram. O estrago foi grande”, acrescentou o delegado.

Ainda de acordo com Luciano, ainda não é possível afirmar o que motivou a chacina, mas a polícia investiga a possibilidade de os jovens estarem envolvidos com facções criminosas e consequentemente com o tráfico de drogas.

A PM foi chamada ao local pouco após os disparos e ainda fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito.

Fonte: G1/RN

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

IFRN celebra 108 anos modificando cenários

IFRN-Currais-Novos

Inicialmente Escola de Aprendizes e Artífices, sempre esteve vinculada ao dialogo entre educação e trabalho.

Desde sua origem, em 1909, integra uma Rede Federal, inicialmente com 19 unidades de ensino. Chegou em 2002 com 140 unidades.

No governo Lula, um conjunto de iniciativas desencadeou um expansão da Rede que atingiu em 2012, 644 unidades em todo Brasil.

No RN de duas unidades chegamos a 21 Campus e uma Reitoria.

Em Currais Novos o IFRN celebra 11 anos modificando cenários e transformando vidas.

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0

Começam as inscrições para o concurso público da prefeitura de Guamaré

guamaré

A Prefeitura de Guamaré (RN) lançou o edital para concurso público com finalidade de selecionar 39 pessoas e formar cadastro de reserva. As ocupações são para os níveis médio e superior. As remunerações vão de R$ 937 a R$ 2.298.

As inscrições começam nesta segunda-feira (18), até o dia 20 de setembro. As inscrições ocorrerão somente através do site www.www.funvapi.com.br, e os selecionados terão, no mínimo, um ano garantido no trabalho, podendo haver a prorrogação por mais um.

Veja o edital

 

Fonte: mossoronoticias.com.br

Compartilhe esta notícia com seus amigos:
Facebook0
Facebook0